Bitcoin dispara após Elon Musk marcar moeda em bio no Twitter

Moedas com símbolo do bitcoin, um dos criptoativos mais conhecidos
Moedas com símbolo do bitcoin, um dos criptoativos mais conhecidos Foto: Dmitry Demidko/Unsplash

Tom Wilson, da Reuters

Ouvir notícia

O bitcoin disparava nesta sexta-feira (29) para uma máxima em duas semanas após o presidente da Tesla, Elon Musk, colocar a criptomoeda em sua biografia no Twitter.

Musk escreveu simplesmente “#bitcoin” em sua biografia na respectiva mídia social.

Por volta de 9h20 (horário de Brasília), a criptomoeda mais negociada do mundo subia 10%, para US$ 36.845,65. Na máxima, chegou a US$ 38.249,99.

O bilionário, seguido por 43,8 milhões de usuários no Twitter, tem um histórico de fazer comentários que mexem com o mercado.

A GameStop, que tem ocupado os holofotes recentemente, subiu 50% na terça-feira depois que Musk escreveu “Gamestonk!!”, junto com um link para o grupo de discussão de negociação de ações Reddit Wallstreetbets.

“Stonks” é um termo irônico para ações bastante usado nas redes sociais.

O bitcoin deu um salto de mais de 300% no ano passado, investidores maiores e corporações dos EUA buscando exposição à criptomoeda, alcançando a marca histórica de US$ 42.000 em dezembro.

No mês passado, Musk perguntou sobre a possibilidade de converter “grandes transações” do balanço da Tesla em bitcoin.

“Isso seria um grande negócio”, disse Christopher Bendiksen, da administradora de ativos digitais CoinShares, nesta sexta-feira.

Traders também citaram comentários positivos sobre o bitcoin feitos pelo gestor de ‘hedge funds’ Ray Dalio como suporte à valorização da moeda digital. O fundador da Bridgewater Associates escreveu na quinta-feira que a criptomoeda era “uma invenção e tanto”, acrescentando que a via como um “ativo alternativo semelhante ao ouro”.

Criptomoedas menores, incluindo ethereum e XRP, que tendem a se mover em conjunto com o bitcoin, também se valorizavam.

Mais Recentes da CNN