Bitcoin opera em alta e recupera-se parcialmente após derrocada

As criptomoedas tiveram uma queda drástica na última sexta-feira devido à preocupação de que o plano do presidente dos EUA de aumentar os impostos sobre capital

Moedas com símbolo do bitcoin, um dos criptoativos mais conhecidos
Moedas com símbolo do bitcoin, um dos criptoativos mais conhecidos Foto: Dmitry Demidko/Unsplash

Tom Wilson, da Reuters

Ouvir notícia

O bitcoin chegou a subir 8% nesta segunda-feira (26), escapando da marca de cinco dias consecutivos de perdas, embora a criptomoeda tenha caído quase um quinto de seu valor em relação ao seu maior recorde no início deste mês. 

Às 17h31, a alta de 5,6% do bitcoin levava a criptomoeda a valer US$ 53.372 após atingir seu nível mais baixo desde o início de março no último domingo. Outras moedas importantes, o ethereum e o XRP, que tendem a se mover em conjunto com o bitcoin, subiam cerca de 5% e 11%, nesta ordem.

As criptomoedas tiveram uma queda drástica na última sexta-feira (23), devido à preocupação de que o plano do presidente dos EUA, Joe Biden, de aumentar os impostos sobre ganhos de capital, o que poderia reduzir investimentos em ativos digitais.

O bitcoin perdeu mais de 19% de seu valor em relação ao seu recorde de quase US$ 65 mil em 14 de abril. Ainda assim, a criptomoeda subiu mais de 80% este ano, apoiada pela crescente adoção de investidores e grandes empresas, como a Tesla.

Mais Recentes da CNN