BMW anuncia modelo Série 5 totalmente elétrico, de olho na redução de carbono

Segundo a montadora, o objetivo é em 10 anos ter mais de 7 milhões de veículos eletrificados do BMW Group nas estradas

BMW: A partir do próximo ano, a BMW anunciou que oferecerá cinco carros totalmente elétricos: o BMW 13; Mini Cooper SE; iX3; iNEXT e i4
BMW: A partir do próximo ano, a BMW anunciou que oferecerá cinco carros totalmente elétricos: o BMW 13; Mini Cooper SE; iX3; iNEXT e i4 Foto: Mohamed Abd El Ghany/Reuters

Reuters

Ouvir notícia

A BMW oferecerá um modelo Série 5 totalmente elétrico como parte da ampla revisão de produtos divulgada nesta segunda-feira, enquanto a montadora alemã busca reduzir as emissões dos veículos durante a produção e na estrada.

“Em dez anos, o objetivo é ter um total de mais de sete milhões de veículos eletrificados do BMW Group nas estradas – cerca de dois terços deles com sistema de transmissão totalmente elétrico”, disse a montadora nesta segunda-feira.

Leia também:
Após acidente fatal com Celta, Chevrolet anuncia recall de 235,8 mil veículos
Fiat anuncia sua 5ª reformulação de marca no Brasil
Nikola, Rivian: as startups de carros elétricos que querem encarar a Tesla

As montadoras impulsionam os carros elétricos desde que os parlamentares europeus, em dezembro de 2018, ordenaram um corte nas emissões de dióxido de carbono dos carros em 37,5% até 2030, em comparação com os níveis de 2021. Isso ocorrerá após um corte de 40% nas emissões entre 2007 e 2021.

A partir do próximo ano, a BMW anunciou que oferecerá cinco carros totalmente elétricos: o BMW i3, o MINI Cooper SE, o BMW iX3, o BMW iNEXT e o BMW i4. No total, a BMW terá 25 modelos eletrificados nas estradas até 2023, metade deles totalmente elétricos.

A BMW disse que também oferecerá um modelo Série 5 totalmente elétrico, mas o presidente-executivo Oliver Zipse se recusou a informar uma data de lançamento.

A BMW disse que sua remuneração gerencial estará mais alinhada com o cumprimento das metas climáticas e que as emissões de carbono da produção e das instalações serão reduzidas em 80% por veículo.

Clique aqui e siga a página do CNN Brasil Business no Facebook

Mais Recentes da CNN