Boeing registra prejuízo acima do esperado no 4º trimestre

Papel da empresa chegou a cair mais de 2% logo após o balanço sair

Avião 737 MAX da Boeing.
Avião 737 MAX da Boeing. REUTERS

Gabriel Caldeira, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

A Boeing informou nesta quarta-feira (26) que teve prejuízo líquido de US$ 4,143 bilhões no quarto trimestre do ano passado. A quantia equivale a perdas de US$ 7,02 por ação —ou US$ 7,69, em termos ajustados— bem acima da estimativa de analistas, que esperavam prejuízo de US$ 0,36 por ação.

Em relação ao mesmo período de 2020, no entanto, o prejuízo por ação de outubro a dezembro de 2021 foi 50,8% menor.

A receita da fabricante de aviões americana foi de US$ 14,793 bilhões no trimestre passado, abaixo dos US$ 15,304 bilhões registrados no ano anterior e contrariando a expectativa de alta a US$ 16,54 bilhões de analistas.

Entre pontos positivos do balanço, a Boeing relatou um fluxo de caixa livre positivo de US$ 494 milhões, se recuperando do resultado negativo de US$ 4,27 bilhões há um ano. Neste caso, analistas esperavam fluxo de caixa negativo de US$ 111,6 milhões.

A empresa ainda aumentou a produção mensal de aviões do modelo 737 MAX, de 19 a 26.

Com a divulgação dos resultados, a ação da Boeing subia 0,47% no pré-mercado das bolsas de Nova York, às 9h59 (de Brasília).

O papel da empresa chegou a cair mais de 2% logo após o balanço sair, mas o recuo foi contido nos minutos seguintes. Com informações de Dow Jones Newswires.

Mais Recentes da CNN