Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Bolsa sobe 1,4% e vai à maior pontuação em um mês com otimismo no exterior

    Durante a sessão, Ibovespa chegou a passar dos 80 mil pontos, patamar que perdeu em 13 de março e ainda não recuperou

    Ouvir notícia
     
    bolsa china
    As importações da China caíram 0,9% em março, resultado melhor do que o esperado
    Foto: Aly Song/Reuters

    O Ibovespa, principal índice da bolsa de valores brasileira, fechou o pregão desta terça-feira (14) em alta de 1,37%, a 79.918,36 pontos. Durante o dia, a bolsa chegou a operar em alta de mais de 3% e a passar dos 81 mil pontos. 

    É a maior pontuação de fechamento em um mês, desde 13 de março, quando o Ibovespa ficou em 82.677 pontos. Foi também a última vez que o índice fechou acima dos 80 mil pontos, para depois seguir em uma espiral de quedas nas semanas seguintes.

    A menor pontuação do ano foi marcada em 23 de março (63.569,62), e a tendência, entre altos e baixos, é de recuperação desde então.

    A bolsa brasileira se animou com os dados da balança comercial chinesa. As exportações caíram 6,6% em março sobre o ano anterior, melhorando ante a queda de 17,2% vista em janeiro e fevereiro, com os exportadores correndo para liberar os pedidos em atraso após paralisações forçadas da produção. Economistas projetavam queda de 14% dos embarques em março. As importações diminuíram 0,9%.

    Já no cenário nacional, o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), que funciona como uma prévia do PIB, apresentou alta de pouco de 0,3% na passagem de janeiro para fevereiro. Os dados foram divulgados pela manhã pelo Banco Central (BC) e não refletem a atividade após a pandemia de coronavírus. 

    Tensões políticas

    Um ponto de atenção no horizonte é a aprovação do plano emergencial de socorro a estados e municípios. Aprovada na Câmara dos Deputados na segunda-feira (13), a proposta visa disponibilizar recursos federais para a recuperação dos entes federativos frente à crise econômica gerada pela pandemia de coronavírus, e tinha um custo total de R$ 89,6 bilhões.

    Na tarde de hoje, a equipe do governo apresentou em resposta uma nova proposta de auxílio aos entes federativos, com um montante de R$ 77,4 bilhões em ajuda.  

    Para o ministro da Economia, Paulo Guedes, o modelo de compensação por perda de receitas com impostos representa um cheque em branco e configura uma irresponsabilidade fiscal. 

    Para aumentar a tensão, os desentendimentos entre o presidente e seu ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta se intensificaram nos últimos dias. Durante uma declaração na TV aberta, o ministro deixou claro seu incômodo com as mensagens antagônicas emitidas pelo presidente sobre o processo de quarentena. Para alguns analistas do cenário político, a demissão de Mandetta é dada como certa, se o clima de confronto permanecer.

    Lá fora

    Os números da China parecem ter agradado os investidores mundo afora. Em Wall Street, o índice Dow Jones subiu 2,39% e o S&P 500 ganhou 3,06%.

    As ações europeias também terminaram em alta. O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,69%, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,64%. 

    Na Ásia, o índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 1,93%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 1,59%.

    *Com informações da Reuters

    Mais Recentes da CNN