Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Bolsas da Ásia fecham mistas, com fortes perdas em Hong Kong e ganhos em Tóquio

    O Hang Seng liderou as perdas no continente, com queda de 2,28%; já o Nikkei subiu 0,69% em Tóquio, à medida que o iene renovou mínimas em 20 anos frente ao dólar

    Pessoas passam pela frente de painel eletrônico com cotações do mercado financeiro
    Pessoas passam pela frente de painel eletrônico com cotações do mercado financeiro Reuters

    Sergio Caldas, do Estadão Conteúdo

    Ouvir notícia

    As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta terça-feira (19), com a de Hong Kong pressionada por ações de tecnologia e a de Tóquio impulsionada pela fraqueza do iene.

    Voltando do feriado de Páscoa, o Hang Seng liderou as perdas na Ásia, com queda de 2,28% em Hong Kong, a 21.027,76 pontos.

    Na sexta-feira (15), autoridades chinesas baniram a transmissão em tempo real de videogames não autorizados, decisão que pesou em ações de empresas de tecnologia como Bilibili (-10,92%), Kuaishou Technology (-2,98%) e Alibaba (-4,19%).

    Na China continental, as perdas foram marginais: o Xangai Composto caiu 0,05%, a 3.194,03 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 0,11%, a 2.020,28 pontos.

    Nesta segunda-feira (18), o banco central chinês (PBoC) anunciou a expansão do apoio financeiro a empresas e indivíduos mais afetados pela atual onda de covid-19.

    Por outro lado, o japonês Nikkei subiu 0,69% em Tóquio, a 26.985,09 pontos, à medida que o iene renovou mínimas em 20 anos frente ao dólar, enquanto o sul-coreano Kospi avançou 0,95% em Seul, a 2.718,89 pontos, e o Taiex registrou alta de 0,56% em Taiwan, a 16.993,40 pontos.

    Na Oceania, a bolsa australiana ficou no azul, sustentada por empresas de grande capitalização, ao retornar também do feriado de Páscoa. O S&P/ASX 200 avançou 0,56% em Sydney, a 7.565,20 pontos.

    Com informações da Dow Jones Newswires

    Mais Recentes da CNN