Bolsas da Europa fecham em alta, apoiadas por balanços e dados dos EUA

Índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,74%, em 469,39 pontos

Na comparação semanal, ele subiu 2,65%
Na comparação semanal, ele subiu 2,65% 25/02/2020REUTERS/Flavio Lo Scalzo

Gabriel Bueno da Costa, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

Os mercados acionários da Europa fecharam em território positivo, nesta sexta-feira (15). Em dia de agenda local modesta, o apetite por risco foi apoiado por balanços corporativos e indicadores dos Estados Unidos.

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,74%, em 469,39 pontos. Na comparação semanal, ele subiu 2,65%.

Na agenda de indicadores local, as exportações da zona do euro cresceram 0,3% em agosto ante julho e as importações, 1,6%.

O avanço das exportações ocorreu pelo segundo mês seguido. Para a Pantheon, o superávit comercial da região “está sob pressão severa”, conforme aumenta o déficit do bloco com a Ásia.

Nas bolsas europeias, de qualquer modo, influenciou mais nesta sexta o noticiário dos EUA. As vendas no varejo do país surpreenderam ao avançar, e balanços corporativos locais também apoiaram o apetite por risco. Após abertura forte em Nova York, o mercado acionário europeu ganhou mais fôlego.

Na Bolsa de Londres, o índice FTSE 100 fechou em alta de 0,37%, em 7.234,03 pontos. Na comparação semanal, ele avançou 1,95%. Em meio a ganhos recentes do petróleo, BP teve ganho de 1,65% e, entre as mineradoras, Antofagasta avançou 2,13%.

Em Frankfurt, o índice DAX subiu 0,81%, a 15.587,36 pontos, com alta de 2,51% na semana. Deutsche Lufthansa foi um dos papéis mais negociados, em alta de 4,56%. No setor de energia, E.ON subiu 2,00%.

O índice CAC 40, da Bolsa de Paris, fechou com ganho de 0,63%, em 6.727,52 pontos. Na comparação semanal, houve avanço de 2,55%. Crédit Agricole subiu 2,07% e TotalEnergies, 1,50%.

Em Milão, o índice FTSE MIB teve alta de 0,81%, a 26.489,18 pontos. Na semana, o FTSE MIB subiu 1,68%. Intesa Sanpaolo avançou 2,04% e Telecom Italia caiu 1,06%, entre os papéis mais negociados.

Na Bolsa de Madri, o índice Ibex 35 subiu também 0,81%, a 8.997,00 pontos, com alta semanal de 0,47%. Entre os bancos espanhóis, BBVA registrou alta de 2,34% e Santander, de 1,97%.

Em Lisboa, o PSI 20 fechou com ganho de 0,67%, em 5.658,55 pontos, com avanço de 2,61% na semana.

Mais Recentes da CNN