Bolsas da Europa fecham em alta após dois dias consecutivos de queda

Volumes de negociação foram moderados, já que os mercados de Londres estão fechados para o feriado do Jubileu de Platina

Índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,57%
Índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,57% Flavio Lo Scalzo/Reuters

Susan MathewBansari Mayur Kamdarda Reuters

Ouvir notícia

As ações europeias subiram nesta quinta-feira (2), lideradas por empresas dos setores industrial e de luxo, mas os ganhos foram limitados por preocupações persistentes sobre a desaceleração do crescimento econômico e o avanço dos preços.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,57%, a 441,23 pontos, depois de perder quase 2% nas duas últimas sessões.

Os volumes de negociação foram moderados, já que os mercados de Londres estão fechados para o feriado do Jubileu de Platina da rainha Elizabeth II.

O grupo francês de bebidas alcoólicas Remy Cointreau subiu 4,9%, após superar estimativas de lucro para o ano cheio e fornecer uma perspectiva otimista para este ano e além.

Outras ações de luxo seguiram o exemplo. LVMH, L’Oreal e EssilorLuxottica ganharam entre 1,7% e 3,1%, proporcionando os maiores impulsos para o índice geral.

As ações de petróleo, por sua vez, caíram, mesmo após os preços da commodity apagarem perdas anteriores depois que a Opep+ concordou em aumentar a produção de petróleo para compensar uma queda na produção russa. A listagem da Shell em Amsterdã e Equinor recuaram 0,5% e 1,9%, respectivamente.

Em Londres, o índice Financial Times não teve operações. Já em Frankfurt, o índice DAX subiu 1,01%, a 14.485,17 pontos.

O índice CAC-40, de Paris, ganhou 1,27%, a 6.500,44 pontos, enquanto o Ftse/Mib, de Milão, teve valorização de 0,59%, a 24.426,50 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,04%, a 8.744,10 pontos, e em Lisboa, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,67%, a 6.189,66 pontos.

Mais Recentes da CNN