Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Bolsas dos EUA fecham em alta com sinalização mais moderada do Fed sobre juros

    Índice S&P 500 fechou em alta de 1,50%, a 3.902,62 pontos. O Dow Jones subiu 1,12%, a 31.384,55 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançou 2,28%, a 11.621,35 pontos

    Placa em frente à Bolsa de Valores de Nova York sinaliza Wall Street
    Placa em frente à Bolsa de Valores de Nova York sinaliza Wall Street 02/10/2020REUTERS/Carlo Allegri

    Amruta Khandekarda Reuters

    Ouvir notícia

    Os índices de referência de Wall Street avançaram nesta quinta-feira (7), com o S&P 500 e o Nasdaq registrando ambos o quarto pregão seguido de alta, conforme operadores se voltaram para os mercados acionários depois que o banco central norte-americano sinalizou um ciclo mais moderado de aumentos da taxa de juros.

    O índice S&P 500 fechou em alta de 1,50%, a 3.902,62 pontos. O Dow Jones subiu 1,12%, a 31.384,55 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançou 2,28%, a 11.621,35 pontos.

    Os mercados de ações dos Estados Unidos têm se recuperado em julho após uma brutal liquidação no primeiro semestre que teve como pano de fundo o avanço da inflação, o conflito na Ucrânia e o afastamento do Federal Reserve de uma política monetária de dinheiro fácil.

    O S&P 500 fechou em alta em cada uma das quatro primeiras sessões até agora neste mês, após registrar sua maior queda percentual para um primeiro semestre desde 1970. O índice não teve ganhos em cinco pregões consecutivos até agora em 2022.

    A ata da reunião de política monetária do Fed ocorrida em junho mostrou que as autoridades reconheceram o risco de elevações dos juros terem um impacto “maior do que o previsto” no crescimento econômico e concluíram que um incremento de 0,50 ou 0,75 ponto percentual provavelmente seria apropriado na reunião de julho.

     

    Mais Recentes da CNN