Brasil indica Marcos Troyjo, da Economia, para presidir banco do Brics

Deliberação do Conselho de Governadores do banco, que tem sede em Xangai, na China, acontecerá no próximo mês

Do CNN Brasil Business*, em São Paulo

Ouvir notícia

Secretário Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério

Secretário Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, Marcos Troyjo, em entrevista

Foto: Washington Costa – SEPEC/ME

O Brasil confirmou a indicação do atual secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacional do Ministério da Economia, Marcos Troyjo, para a presidência do Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), o banco do Brics.

A deliberação do Conselho de Governadores do banco, que tem sede em Xangai, na China, acontecerá no próximo mês para definição da presidência.

O Brasil vai assumir o comando da instituição, o que já era sabido, mas a posse efetiva de Troyjo precisa antes seguir um protocolo, para formalizar o apoio dos demais países do Brics –Rússia, Índia, China e África do Sul.

Hoje, o NDB é presidido pelo indiano K. V. Kamath, primeiro a comandar a instituição. Em entrevista em novembro, Kamath previu apoio adicional da instituição a investimentos em infraestrutura no Brasil.

*Com informações da Reuters 

Tópicos

Mais Recentes da CNN