Brasil registra recorde na venda de vinhos no primeiro semestre

De acordo com a UVIBRA, o aumento no consumo da bebida foi de 41,15% em relação ao mesmo período de 2020

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

A venda de vinhos bateu recorde no primeiro semestre deste ano no Brasil. As informações são do diretor do CNN Brasil Business Fernando Nakagawa.

De acordo com a União Brasileira de Vitivinicultura (UVIBRA), o aumento no consumo da bebida foi de 41,15% em relação ao mesmo período em 2020, ou seja, passou de 10,8 milhões de litros para 15,2 milhões de litros consumidos na primeira metade do ano, muito próximo dos 15,4 milhões de litros consumidos ao longo de todo o ano de 2019.

A alta do dólar – que encarece o produto importado – e o aumento da qualidade do vinho nacional ajudaram nesse salto. Até o suco de uva registrou 4% a mais de vendas no período. Entre os 20 maiores países consumidores de vinho, o Brasil foi o que mais cresceu, principalmente pelo aumento do consumo em casa durante a pandemia.

Além disso, a venda de espumantes também cresceu. Os tipos brut e moscatel, por exemplo, tiveram aumento em 2021 de 52% e 43%, respectivamente.

Vinho tinto
Vinho tinto
Foto: Getty Images

Tópicos

Mais Recentes da CNN