Cade dá aval para compra de 40% do C6 Bank pelo JP Morgan

O valor da compra foi de aproximadamente R$ 10 bilhões

Sede do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), em Brasília (DF)
Sede do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), em Brasília (DF) Foto: Adriano Machado/Reuters

Luci Ribeiro,

do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a compra, pelo banco norte-americano JP Morgan Chase, de 40% do banco digital C6 Bank, fundado em 2019 por ex-sócios do BTG Pactual. O despacho com a decisão está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (4).

Segundo apurou o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) em junho, o investimento feito pelo JP Morgan deve ser usado para acelerar o crescimento do C6, que hoje tem 7 milhões de clientes. O valor da compra foi de aproximadamente R$ 10 bilhões.

Além do Cade, a operação também será notificada ao Banco Central do Brasil, à Superintendência de Seguros Privados (Susep), à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), ao Board of Governors of the Federal Reserve System (com cópia para o Office of the Comptroller of the Currency), nos Estados Unidos da América, e ao Cayman Islands Monetary Authority, nas Ilhas Caimã.

Mais Recentes da CNN