China: reservas internacionais registram queda para US$ 3,214 trilhões

Os dados foram publicado pelo PBoC, como é conhecido o banco central chinês

Foto: Unsplash/Alejandro Luengo

do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

As reservas internacionais da China diminuíram em junho depois de avançarem por dois meses consecutivos, segundo dados publicados nesta quarta-feira (7) pelo PBoC, como é conhecido o banco central chinês.

No fim de junho, as reservas da segunda maior economia do mundo totalizavam US$ 3,214 trilhões, representando queda de US$ 7,8 bilhões em relação a maio. O resultado do último mês, porém, superou a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam redução de US$ 22 bilhões nas reservas.

 

Mais Recentes da CNN