Citigroup é multado por má conduta em transações na bolsa de Hong Kong

Alegação afirma que alguns dos corretores de ações do banco enganaram investidores ao longo de mais de uma década

Bolsa de Hong Kong
Bolsa de Hong Kong Foto: Tyrone Siu/ Reuters

Dow Jones Newswires, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

Uma unidade do Citigroup foi multado em cerca de US$ 44,7 milhões pela Comissão de Valores Imobiliários de Hong Kong (SFC, na sigla em inglês).

A alegação afirma que alguns dos corretores de ações do banco enganaram investidores ao longo de mais de uma década ao não deixar claro se conduzia transações na bolsa de Hong Kong com outras grandes instituições ou as negociava de forma individual.

Participantes do mercado geralmente preferem a primeira abordagem, conhecida como negociação de agência, às negociações de facilitação, nas quais o banco assume posições usando seu próprio capital.

“O SFC considera que esse comportamento desonesto generalizado não teria continuado se não fossem graves lapsos e deficiências em seus controles internos, função de conformidade e supervisão da administração”, disse o regulador, que prometeu ainda processar ex-funcionários do Citi envolvidos nas transações.

Mais Recentes da CNN