Clubhouse é lançado para smartphones Android com algumas ressalvas

O app está disponível somente para pré-registro e na versão beta. Mas para entrar no 'clube' só com convite

Clubhouse
Clubhouse Foto: William Krause / Unsplash

Tamires Vitorio, do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

O aplicativo de conversas em áudio Clubhouse foi lançado para smartphones com o sistema operacional Android nesta segunda-feira (10), após um ano funcionando somente em iPhones.

O app está disponível apenas para pré-registro e na versão beta. “Ei! Estamos trabalhando muito para adicionar pessoas ao Clubhouse o mais rápido possível, mas agora você precisa de um convite para se inscrever. Qualquer pessoa pode obter um entrando na lista de espera ou solicitando a um usuário existente”, diz a descrição do aplicativo.

A rede social afirma que “está gerenciando o crescimento para que possamos construir uma infraestrutura mais sustentável antes que as portas se abram”.

“Com o Android, acreditamos que o Clubhouse será mais completo. Somos muito gratos a todos os usuários do Android por sua paciência. Quer você seja um criador, um organizador de clube ou alguém que deseja apenas explorar, estamos muito animados em recebê-lo na comunidade”, disseram os fundadores do app em um comunicado.

E não é para menos. O Android é o sistema operacional mais utilizado no mundo todo, representando 72,2% do mercado global, enquanto o iOS tem uma fatia de apenas 26,99%, segundo a consultoria de dados Statcounter.

Não se sabe ao certo, no entanto, quando o aplicativo será oficialmente disponibilizado para os usuários de Android. Rumores indicam que quem receber um convite terá preferência na hora de baixá-lo.

O app para Android também não terá, por enquanto, todas as funções disponíveis em iPhones, como seguir tópicos, criar clubes, vincular a conta do Twitter e do Instagram ou atualizar o nome de usuário e realizar denúncias por falas ofensivas.

O Clubhouse foi fundado por Paul Davison e Rohan Seth em março do ano passado, ex-funcionário do Google e empresário do Vale do Sílicio, respectivamente. Em 4 de abril, o Clubhouse bateu o recorde de 13 milhões de downloads mundialmente.

Mais Recentes da CNN