Com queda do Ibovespa, recomendação é diversificar investimentos, diz economista

À CNN Rádio, Alex Agostini explicou que, ainda que Bolsa patine, há oportunidades para investir

Ibovespa
Ibovespa Cris Faga/NurPhoto via Getty Images

Amanda Garciada CNN

Ouvir notícia

Um levantamento da consultoria Austin Rating apontou que o Ibovespa teve o segundo pior desempenho dentre 79 países entre dezembro de 2020 e novembro de 2021, ficando atrás apenas da Venezuela.

Em entrevista à CNN Rádio, o economista-chefe da Austin Rating, Alex Agostini, avaliou que a queda da Bolsa “denota que não foi só a pandemia que afetou as expectativas dos investidores”. Ele atribuiu o quadro ao “ambiente doméstico conturbado que o Brasil vive desde 2014”.

“Deste quando o país entrou no problema fiscal de gastar mais do que arrecada, perdeu confiança de investidores e consumidores, tem ambiente de antecipação da corrida eleitoral, aumento de juros, inflação, naturalmente tem essa queda”.

Mesmo assim, o economista disse que “ainda que tenha queda, há oportunidades de ações”.

“A recomendação é de que, antes de investir, estude, entenda como funciona, nem sempre queda é prejuízo”.

Ele ainda deu mais dicas: “Importante olhar oportunidades e estudar setorialmente, setor de petróleo e gás, por exemplo, está bem, varejo nem tanto, ainda nessa queda tem também oportunidade, principal recomendação é diversificar, não coloque todos os ovos numa mesma cesta.”Agostini acredita que o ano de 2022 será um “momento delicado”:

“Ainda vai figurar em um crescimento nas últimas colocações, o retorno das ações deve ser baixo, o país só cresce se empresas vendem e produzem, há casas que falam em recessão ou baixo crescimento.”

“A bolsa deve patinar, é um processo de longo prazo que pode melhorar, no curto prazo, para o ano que vem, o cenário não é muito positivo”, completou.

Mais Recentes da CNN