Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Como a Redbox se tornou a queridinha de Wall Street mais uma vez

    Rede social impulsiona compra de ação-meme para espremer ganhos de vendedores a descoberto

    Placa sinaliza Wall Street, em Nova York
    Placa sinaliza Wall Street, em Nova York 02/10/2020REUTERS/Carlo Allegri

    Paul R. La Monicado CNN Business

    Nova York

    Ouvir notícia

    Não faz muito tempo que alguns fãs de cinema descobriram que a maneira mais fácil e barata de assistir a filmes em um mundo pós-Blockbuster era alugar DVDs em quiosques da Redbox na farmácia e em outros varejistas. Mas a ascensão da Netflix e outros serviços de streaming praticamente mataram esse negócio.

    Mas a Redbox está de volta. Ele construiu sua própria operação de streaming. E as ações da empresa são inexplicavelmente uma das mais quentes de Wall Street, mesmo com a queda da Netflix.

    As ações da Redbox subiram mais de 20% este ano, cerca de 55% no mês passado e quase 200% nos últimos três meses. Isso contrasta fortemente com a queda de 70% da Netflix, a pior ação do S&P 500. A Disney, que possui seu próprio serviço de streaming Disney+, caiu 40%.

    Outras empresas de mídia com serviços de streaming, incluindo a Paramount Global, a proprietária da Peacock, a Comcast e a controladora da CNN, Warner Bros. Discovery, que possui HBO Max e Discovery +, também caíram acentuadamente em 2022.

    Agora, há a preocupação de que haja muitos serviços de streaming perseguindo poucos clientes. A Apple e a Amazon também têm serviços de streaming. A Disney também é dona do Hulu. E os consumidores podem estar reduzindo as assinaturas mensais não essenciais à medida que crescem os temores de recessão.

    Então, por que a Redbox está prosperando? É um pouco complicado.

    A Redbox tornou-se pública por meio de uma fusão com uma empresa de aquisição de propósito especial (SPAC, na sigla em inglês) em outubro. A empresa era anteriormente de propriedade da gigante de capital privado Apollo Global Management , que tornou a controladora da Redbox, a Outerwall, privada em 2016. A Outerwall também possuía a Coinstar, outra relíquia de varejo.

    A Redbox agora está planejando se fundir novamente, desta vez com a empresa de vídeo sob demanda, Chicken Soup for the Soul, proprietária do serviço de streaming Crackle. A Chicken Soup for the Soul comprou a Crackle da Sony em 2020.

    Mas a Redbox também tem sido alvo de vendedores a descoberto, investidores (principalmente fundos de hedge) que apostam que uma ação vai cair. Mais de 30% das ações disponíveis da empresa estavam sendo vendidas no final de maio, uma quantidade muito grande.

    E é o interesse dos vendedores a descoberto, curiosamente, que pode estar ajudando a elevar as ações da Redbox.

    Parece que a Redbox se tornou a favorita da multidão do Reddit que compra ações-meme. São aqueles investidores que ajudaram a impulsionar a GameStop, a AMC e, mais recentemente, a gigante de maquiagem falida Revlon.

    Uma rápida olhada no subreddit RDBX mostra que a empresa está recebendo apoio de investidores individuais que estão comprando as ações para “espremer” os vendedores a descoberto.

    Quando uma ação fortemente vendida a descoberto sobe, isso inflige mais dor aos vendedores a descoberto. Isso ocorre porque os vendedores a descoberto emprestam ações e as vendem com a esperança de comprá-las de volta a um preço mais baixo antes de devolvê-las. Eles embolsam a diferença como lucro. Mas se o preço subir, os vendedores a descoberto podem perder muito dinheiro.

    Alguns fãs no Reddit estão prevendo preços muito mais altos para a Redbox. Existe até a referência agora obrigatória à Redbox como um MOASS — Mother of All Short Squeezes (A mãe de todas as espremidas de venda a descoberto, em tradução livre). Esse mesmo acrônimo também foi usado para divulgar a GameStop e a AMC.

    O problema com essa atuação é que ela raramente dura muito. A Redbox agora está perdendo força rapidamente.

    As ações caíram mais de 10% na quinta-feira, para cerca de US$ 9, e agora estão cerca de 40% abaixo de uma alta recente de pouco menos de US$ 15 por ação em meados de junho. O aperto da Redbox pode ter sido divertido enquanto durou, mas não se engane: a empresa não é a próxima Netflix ou Disney.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN