Confiança e intenção de investir sobem na construção em julho, aponta CNI

Intenção de investir está no nível mais alto desde 2014

Edifício em construção no Rio de Janeiro (RJ)
Edifício em construção no Rio de Janeiro (RJ) 27/11/2020REUTERS/Pilar Olivares

Felipe Pontesda Agência Brasil

Ouvir notícia

O nível de atividade da indústria da construção voltou a subir em julho, após a primeira alta do ano ter sido registrada em junho, aponta levantamento da Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgado hoje (25).

De acordo com a Sondagem Indústria da Construção, da CNI, a recuperação da atividade se reflete na confiança dos empresários do setor, que em agosto voltou a subir, atingindo o melhor patamar deste ano, com 59,7 pontos (numa escala de 0 a 100), aumento de 1,9 ponto em relação ao mês anterior.

“Há maior otimismo em todas as expectativas analisadas em agosto na comparação com o mês anterior”, diz o relatório. A intenção de investir, por exemplo, encontra-se no índice mais alto desde 2014 (45,4 pontos).

O nível de emprego, contudo, ficou estável em julho. Segundo a sondagem, o aumento da atividade na construção costuma vir antes das altas nas contratações, “o que explica o desempenho mais modesto do mercado de trabalho e o aumento das expectativas de contratações para os próximos meses”, acrescenta o relatório técnico.

A utilização da capacidade operacional da indústria da construção registrou novo aumento em julho, chegando aos 64%, patamar mais alto desde 2014, de acordo com a série histórica da CNI.

Mais Recentes da CNN