Confiança empresarial alemã cai em julho com temor da Covid-19

O instituto Ifo informou que seu índice de clima de negócios caiu para 100,8 ante leitura revisada de 101,7 em junho

Foto: REUTERS/Kai Pfaffenbach

Kirsti Knolle e Caroline Copley,

da Reuters

Ouvir notícia

A confiança dos empresários alemães caiu inesperadamente em julho devido às preocupações contínuas com a cadeia de abastecimento e em meio ao aumento das infecções por coronavírus, na primeira queda desde janeiro, mostrou uma pesquisa nesta segunda-feira (26).

O instituto Ifo informou que seu índice de clima de negócios caiu para 100,8 ante leitura revisada de 101,7 em junho. 

O índice de expectativas do Ifo caiu para 101,2 de 103,7 em junho, enquanto o índice de condições atuais subiu de 99,7 para 100,4.

Quase 64% das empresas industriais na maior economia da Europa reclamaram de gargalos nas cadeias de abastecimento, enquanto 60% dos atacadistas e 42,5% dos varejistas também relataram escassez, de acordo com o instituto.

Eventos como a pandemia de Covid-19, desastres naturais na China e Alemanha e ataques cibernéticos conspiraram para levar as cadeias de suprimentos globais a um ponto de ruptura, ameaçando o fluxo de matérias-primas, peças e bens de consumo.

 

Mais Recentes da CNN