Conselheiros da Petrobras eleitos também serão destituídos em nova troca de comando

Empresa comunicou que, caso seja aprovada a saída de José Ferreira Coelho, os conselheiros eleitos em abril também deverão deixar seus cargos

Reuters

Fabrício Juliãodo CNN Brasil Business

em São Paulo

Ouvir notícia

A Petrobras informou, nesta terça-feira (24), que os conselheiros da companhia eleitos em abril com José Mauro Coelho devem deixar seus cargos com a nova troca de comando na empresa.

Segundo comunicado da estatal, novas eleições serão realizadas para a ocupação dos cargos vagos.

“Tendo em vista que o Sr. José Mauro Ferreira Coelho foi eleito pelo sistema do voto múltiplo na Assembleia Geral Ordinária realizada em 13/04/2022, caso aprovada pela assembleia geral, sua destituição implicará na destituição dos demais membros do Conselho eleitos pelo mesmo processo, devendo a companhia realizar nova eleição para esses cargos”, destacou a estatal.

A Petrobras também disse que recebeu o ofício do Ministério das Minas e Energia para avaliação do novo nome indicado pelo governo, o de Caio Mario Paes de Andrade, para substituir Coelho no Conselho de Administração e à frente da companhia.

“O ofício solicita, ainda, que Caio Mario Paes de Andrade seja, posteriormente, avaliado pelo Conselho de Administração da Petrobras para o cargo de presidente”, afirmou, em nota.

 

Tópicos

Mais Recentes da CNN