Coreia do Sul retira suspensão temporária de importação de carne bovina do Canadá

A China e as Filipinas seguiram com suas próprias suspensões

Corte de carnes
Corte de carnes 07/10/2011 REUTERS/Paulo Whitaker

Por Rod Nickel, da Reuters

Ouvir notícia

A Coreia do Sul está retirando a suspensão temporária das importações de carne bovina canadense que foi imposta depois que o país norte-americano detectou um caso atípico de encefalopatia espongiforme bovina (EEB), conhecida como “mal da vaca louca”, em dezembro, disse a ministra canadense da agricultura, Marie-Claude Bibeau, nesta quarta-feira (19).

O país asiático interrompeu os embarques depois que o Canadá relatou no mês passado seu primeiro caso de EEB em seis anos. A China e as Filipinas seguiram com suas próprias suspensões.

Bibeau anunciou a reversão da Coreia do Sul nas redes sociais, chamando-a de “ótimas notícias para o nosso setor pecuário”.

A EEB é uma doença fatal do sistema nervoso em bovinos.

O Canadá, o oitavo maior exportador de carne bovina e de vitela, relatou o caso em dezembro em uma vaca de corte de oito anos e meio na província de Alberta.

O caso mais recente do Canadá é atípico — o que significa que é uma forma de EEB que pode ocorrer naturalmente em gado mais velho — ao contrário da EEB clássica, causada pela alimentação de ração contaminada pelo animal.

 

Mais Recentes da CNN