Coty Brasil e Cantu desistem de IPOs, diz CVM

Lista de desistências recentes, publicada pela Comissão de Valores Mobiliários, também inclui outros nomes, como o da empresa de galpões Fulwood

Coty na Bolsa de NY
Coty na Bolsa de NY 18/11/2019 REUTERS/Brendan McDermid

Reuters

Ouvir notícia

A operação brasileira da empresa de beleza e cuidados pessoais Coty e a plataforma de comércio eletrônico de pneus Cantu desistiram nos últimos dias de realizarem ofertas públicas iniciais de ações (IPO) no país, segundo informações disponibilizadas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A lista de desistências recentes, publicada pela CVM, também inclui outros nomes como o da empresa de galpões Fulwood, que informou o mercado na segunda-feira (17) sobre o assunto, e o da Cencosud Brasil, cujo cancelamento da oferta foi anunciado na semana passada pela sua controladora, uma varejista chilena de mesmo nome.

A Cencosud indicou, entretanto, que a operação pode ser retomada caso haja uma melhora nas condições de mercado.

No início de mês, empresas incluindo a fabricante de snacks Dori Alimentos, a Environmental ESG, unidade de gestão de resíduos da empresa de resposta a emergências Ambipar, e a operadora de estradas Monte Rodovias também apresentaram pedidos de desistências, de acordo com as informaçòes da CVM.

Mais Recentes da CNN