Criadora do Fortnite, Epic Games é avaliada em US$ 28,7 bi com nova captação

Medidas de isolamento social ao redor do mundo geraram um impulso de 35% nos gastos dos consumidores com videogames em fevereiro, para cerca de US$ 4,6 bilhões

Fortnite
Fortnite Foto: Mike Blake/Reuters

Por Akanksha Rana, da Reuters

Ouvir notícia

 A Epic Games, que está no meio de uma batalha legal contra a Apple, disse nesta terça-feira (13) que arrecadou US$ 1 bilhão em uma rodada de financiamento que avaliou a produtora do videogame “Fortnite” em US$ 28,7 bilhões.

Medidas de isolamento social ao redor do mundo geraram um impulso de 35% nos gastos dos consumidores com videogames em fevereiro, para cerca de US$ 4,6 bilhões, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado NPD.

A Epic Games disse que recebeu um investimento adicional de US$ 200 milhões do acionista minoritário Sony Group, e também levantou fundos de investidores como Appaloosa, Baillie Gifford e KKR.

O financiamento mais recente vem enquanto a Epic está prestes a enfrentar a Apple em tribunal em um caso em que a produtora de games tenta evitar uma taxa de 30% cobrada pela App Store. A Epic lançou seu próprio sistema de pagamentos para não se sujeitar à cobrança e a Apple decidiu banir Fortnite de sua loja de aplicativos.

A Apple vai argumentar na justiça que enfrenta concorrência abundante no mercado de transações financeiras em videogames para se defender contra as alegações antitruste da Epic.

O presidente da Epic, Tim Sweeney, seguirá como acionista controlador da empresa após a última rodada de investimento.

“O investimento deles ajudará a acelerar nosso trabalho em torno da construção de experiências sociais conectadas em Fortnite, Rocket League e Fall Guys, enquanto capacita desenvolvedores e criadores de jogos com Unreal Engine, Epic Online Services e Epic Games Store”, disse Sweeney.

A Epic no ano passado recebeu um investimento de US$ 250 milhões da Sony e levantou US$ 1,25 bilhão em 2018 de investidores, incluindo a KKR.

Tópicos

Mais Recentes da CNN