Criadora do Fortnite, Epic Games capta US$ 1,8 bilhão em rodada de investimento

Um dos investidores foi a Sony, criadora dos consoles PlayStation, que tirou do bolso US$ 250 milhões

Pessoa jogando Fortnite: jogo, apesar de ser gratuito, movimentou US$ 1,8 bilhão no ano passado
Pessoa jogando Fortnite: jogo, apesar de ser gratuito, movimentou US$ 1,8 bilhão no ano passado Foto: Joshua Hoehne/Unplash

Do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

Os videogames continuam chamando a atenção na quarentena. A maior febre dos últimos tempos, Fortnite é um grande exemplo. Prova disso é que a Epic Games, criadora do jogo, anunciou que captou US$ 1,8 bilhão na ultima rodada de financiamento. Isso fez com que a empresa fosse avaliada em US$ 17 bilhões.

Um dos investidores foi a Sony, criadora dos consoles PlayStation, que tirou do bolso US$ 250 milhões.

A animação faz sentido. O Fortnite, que é o principal produto da Epica Games, foi o jogo mais rentável do mundo pelo segundo ano consecutivo. Detalhe: o jogo é gratuito. Mas movimentou cerca de US$ 1,8 bilhão em itens vendidos, como roupas para personagens (digitais, é claro) entre outros acessórios.

Leia também:
Avaliada em US$ 1,88 trilhão, valor de mercado da Apple supera o PIB do Brasil
Amazon, Apple, Facebook e Google ‘ignoram’ pandemia e lucram mais

E o faturamento do setor continua subindo. Em junho, nos Estados Unidos, o gasto com videogames subiu para US$ 1,2 bilhão, uma alta de 26%. Trata-se do maior valor para o mês em uma década, segundo pesquisa da empresa de pesquisa NPD.

Afinal, conforme as pessoas jogaram mais durante as medidas de isolamento social, elas também gastaram mais com itens dentro dos jogos.

A Epic, que também desenvolveu a engine “Unreal”, disse que a última rodada inclui fundos administrados pelo BlackRock e pelo Ontario Teachers ‘Pension Plan Board.

(com informações da Reuters)

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN