Crise hídrica e MP da Eletrobras estão no foco do mercado nesta terça-feira

Nesta terça-feira, podemos ter novidades da MP da Eletrobras, tema de destaque no episódio de hoje do Abertura de Mercado

Abertura de Mercado
Abertura de Mercado Foto: CNN

do CNN Brasil Business, em São Paulo*

Ouvir notícia

 

A ameaça de falta de energia voltou a rondar o Brasil e despertou um debate acalorado entre governo, Congresso, setor elétrico e consumidores de energia.

Parte da discussão passa pela aprovação da Medida Provisória (MP) da Eletrobras, que vai permitir a capitalização privada da estatal e a perda do posto de acionista majoritária da União, que hoje detém pouco mais de 60% das ações.

Nesta terça-feira (8), podemos ter novidades da MP da Eletrobras, tema de destaque no episódio de hoje do Abertura de Mercado.

 

Enquanto esse imbróglio não se resolve, o governo vai tomando decisões para controlar riscos. Nesta segunda-feira foi liberado o uso excepcional das térmicas por 6 meses. Tudo por conta da crise hídrica, essa seca histórica que atingiu o Brasil e secou reservatórios das hidrelétricas.

A ideia é facilitar e permitir que várias termelétricas, mesmo sem contrato ativo, possam operar e ajudar no abastecimento de energia para evitar apagões.

 

A energia térmica, porém, é muito mais cara. Por causa dela, já estamos pagando a bandeira vermelha nível 2 na conta de luz. E ela deve ficar assim pelo menos até o fim do ano. Quem sabe se com preço mais salgado, o consumo reduza e desafogue o sistema. 

A saga do auxílio emergencial continua

Enquanto governo não encontra uma solução para financiar um novo programa social, o presidente Bolsonaro pressiona para um Bolsa Família turbinado.

A ideia era anunciar esse novo Bolsa Família em agosto, mas como a imunização segue lenta em muitos estados, com a previsão de vacinação de boa parte da população adulta só em meados de outubro e novembro, o governo quer estivar o benefício até ter outro pronto na mão.

 

Otimismo no mercado financeiro

Enquanto isso, quem olha para o mercado financeiro no Brasil pode ter a impressão de que todos os nossos problemas já foram superados. Bolsa bate novo recorde — oitava alta seguida –, com índice acima dos 131 mil pontos. Dólar segue pertinho dos R$ 5.

Não, não superamos nossos problemas, mas os investidores estão buscando preço certo para os ativos locais que pareciam bem mais baratos do que deveriam.

Para discutir as perspectivas para o futuro do mercado de ações e para o dólar, a comentarista de economia da CNN e apresentadora desse podcast, Thais Herédia, traz uma série de notícias e ouve especialistas.

Agenda

Nesta terça-feira, sai o resultado do comércio, que pode ter tido uma leve alta em abril. Podemos ter ainda novidades da MP da Eletrobras, tema de destaque no episódio de hoje. 

*Texto publicado por Ligia Tuon

 

Mais Recentes da CNN