Danone vende Yakult? Franceses deixam de ser sócios dos japoneses

Duas grandes concorrentes que estão nas geladeiras dos supermercados eram também sócias

Capa do podcast Abertura de Mercado
Capa do podcast Abertura de Mercado Foto: CNN Brasil

Fernando Nakagawada CNN

Ouvir notícia

Os europeus eram donos de 6,6% da empresa asiática conhecida pelas bebidas probióticas e o negócio foi estimado em R$ 3 bilhões. A parceria começou há mais de 15 anos, em 2004 e, nesse período, a Danone chegou a ser dona de 21% da Yakult.

No episódio de hoje:

– Donald Trump, que até o fim de semana estava no hospital para tratar da Covid-19, voltou ao trabalho com a corda a toda;
– Ele derrubou os principais mercados financeiros com alguns tweets em que anunciou a interrupção das negociações para um novo pacote de estímulos à economia;
– O mandatário dos EUA acusou a presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, de não estar negociando de boa fé;
– A representante costurava um pacote com US$ 2,4 tri, mas Trump queria liberar um US$ 1,6 tri;
– Com o impasse, é possível que não haja ajuda financeira extra antes das eleições em novembro;
– Em Nova York, o S&P 500 perdeu 1,40%. Já em São Paulo, o Ibovespa caiu 0,49%;
– No câmbio, o real se enfraqueceu novamente e o dólar subiu 0,54%, a R$ 5,59;
– O UBS acha que as ações da resseguradora IRB estão muito caras;
– Um relatório divulgado ontem pelo banco indica que o preço justo das ações da companhia seria de R$ 4,60, 47% menos que o preço de fechamento da segunda-feira (5);
– Para os analistas, vai demorar muito para que a empresa volte a dar lucro;
– Parte dessa queda prevista pelo UBS ocorreu na terça (6), com o próprio relatório. O papel caiu 17% e fechou a R$ 7,17;
– A Havan desistiu, por ora, de realizar o seu IPO nos próximos dias;
– Bancos alertaram que a varejista não ia conseguir ser avaliada em R$ 70 bilhões, como desejava Luciano Hang;
– Houve queda do interesse dos investidores porque, ao analisar detalhadamente a situação da companhia, ficou evidente que era distante a possibilidade de a empresa valer tanto;
– Para isso, seria preciso ter com crescimento do lucro por muitos anos à frente e em um ritmo muito acima de qualquer previsão da economia ou do setor;
– A crise gerada pela pandemia do novo coronavírus deve reduzir a demanda por aviões em cerca de US$ 200 bilhões na próxima década;
– Essa conta foi feita pela Boeing, que reduziu em 11% a previsão de demanda pelo transporte aéreo no período; 
– A fabricante de aviões prevê que devem ser vendidos 18.350 aviões a jato de passageiros, o que deve movimentar US$ 2,9 tri;
– Gigante alemã, a Mercedes-Benz é a nova montadora na corrida pelos carros elétricos;
– Anunciou aos investidores que reforçará a aposta em veículos elétricos e vai direcionar essa tecnologia especialmente ao segmento de super-luxo;
– Devem ganhar versões sem emissão os modelos Maybach e Classe G, além do superesportivo AMG;
– Para os menos ricos, também informou que vai desenvolver uma plataforma para carros elétricos de pequeno e médio porte;
– Duas grandes concorrentes que estão nas geladeiras de supermercado eram sócias, e ontem a Danone anunciou que vendeu a parte que ela tinha na Yakult;
– Os franceses eram donos de 6,6% da empresa japonesa conhecida pelas bebidas probióticas;
– Agora, essa fatia foi vendida por cerca de R$ 3 bilhões;
– O dinheiro vai ser usado para reforçar o caixa da empresa francesa;
– Parceiros desde 2004, os franceses chegaram a ser donos de 21% da empresa japonesa;
– AGENDA: FGV divulga a inflação medida pelo IGP-DI em setembro; 
– Nos Estados Unidos, será divulgada a ata da mais recente reunião de política monetária do Federal Reserve;
– Já na China, saem dados indicadores antecedentes da atividade, PMI.
– Correção: A Anfavea divulga HOJE, às 10h30, dados da produção de veículos em setembro.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN