Depois de Moro, mercado teme interferências do governo na pasta de Guedes

Ala do governo se opõe ao ministro e quer aumentar gastos públicos para remediar recessão

Abertura de Mercado é um podcast diário com as principais notícias econômicas
Abertura de Mercado é um podcast diário com as principais notícias econômicas Foto: CNN Brasil

Fernando Nakagawada CNN

Ouvir notícia

Ala do governo se opõe ao ministro e quer aumentar gastos públicos para remediar recessão. Enquanto isso, Boeing desiste de comprar parte da Embraer e litígio deve parar na Justiça.

No episódio de hoje:

– Depois da saída de Moro, mercado volta suas atenções para Guedes. Investidores temem interferências na pasta econômica;
– O ministro se reúne às 9h30 com secretários e presidentes dos bancos estatais;
Às 14h, Guedes tem encontro com o presidente Bolsonaro;
– O economista segue fiel à agenda reformista e rejeita a ideia de que aumentar os gastos públicos possa ajudar agora;
– Na sexta-feira (24), Guedes teria trocado palavras ríspidas com o ministro de Desenvolvimento Regional Rogério Marinho;
– Os dois possuem opiniões diferente sobre como o governo deve reagir à recessão;
– Essa ala oposta ao ministro Guedes acredita que é preciso aumentar os gastos, principalmente com obras públicas;
– A Boeing desistiu de comprar parte da Embraer. Os norte-americanos afirmam que a empresa brasileira não cumpriu com as obrigações exigidas para o fechamento do negócio;
Já a Embraer acusa a Boeing de rescindir o contrato indevidamente e de fabricar alegações para não pagar os R$ 4,2 bilhões acordados;
– A empresa brasileira diz que a desistência tem a ver com os prejuízos causados pelo 737 Max e outros problemas;
– Os americanos tentam, neste momento, um socorro bilionário com Donald Trump;
– Mesmo sem o fim da quarentena, indústria volta a trabalhar no Brasil;
– Reportagem do jornal Estado de S. Paulo mostra que empresas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo estão retornando às atividades;
– Há, no entanto, a implementação de protocolos de segurança utilizados no exterior;
– Facebook anuncia ferramenta de videochamadas para tentar rivalizar com o Zoom;
– O Messenger Rooms permitirá até 50 pessoas numa sala e não requer cadastro na rede social;
Ainda não há data de lançamento, o que deve ocorrer nas próximas semanas;
– O empresário e colecionador Ricardo Brennand morreu aos 92 anos devido a complicações causadas pelo novo coronavírus;
– Ele foi um empresário de sucesso, trabalhando na fabricação de cimento e energia;
– AGENDA: FGV divulga, pela manhã, dados sobre o setor da construção civil;
– Às 15h, equipe econômica disponibiliza dados da balança comercial de abril, até o dia 24.

Mais Recentes da CNN