Dia dos Namorados deve movimentar R$ 1,4 bi no Rio e retomar nível pré-pandemia

Segundo estimativa da Fecomercio, será a primeira vez que o retorno se equipara ao registrado em 2019

Jaqueline Frizon, da CNN, no Rio de Janeiro 

Ouvir notícia

 

De acordo com um levantamento do Instituto Fecomercio, o próximo Dia dos Namorados, em 12 de junho, deve movimentar cerca de R$ 1,45 bilhão na economia do Rio de Janeiro. É a primeira vez que o retorno se equipara ao registrado em 2019, no período pré-pandemia. 

Em 2020, o lucro com a data atingiu R$ 832 milhões. A pesquisa ainda mostra a preferência dos consumidores para os presentes: roupas (43,4%), perfumes (25,5%), calçados e acessórios (20,1%) e flores (14,5%). 

O diretor de hotelaria Jorge Chaves já sentiu a mudança e afirmou à CNN que, em 2020, a ocupação ficou em apenas 8%. “Estamos em um momento bem diferente do último ano, com uma ocupação bem maior que a registrada anteriormente”, diz. 

Dia dos Namorados deve movimentar cerca de R$ 1,450 bilhão na economia do RJ
Dia dos Namorados deve movimentar cerca de R$ 1,450 bilhão na economia do Rio de Janeiro (11.jun.2021)
Foto: Reprodução / CNN

Mais Recentes da CNN