Economia será mais efetiva na reforma tributária, diz presidente da Aço Brasil

O presidente do Instituto Aço Brasil, Marco Polo de Mello Lopes, disse à CNN que encontro de Paulo Guedes com empresários aumentou expectativa do setor

João Venturi e Rudá Moreira, da CNN, em São Paulo e em Brasília

Ouvir notícia

Após o ministro da Economia, Paulo Guedes, se reunir com empresários nesta quinta-feira (27), o presidente executivo do Instituto Aço Brasil, Marco Polo de Mello Lopes, afirmou à CNN que tem a expectativa da pasta ser mais presente na corrida para a aprovação da reforma tributária.

“Tenho a sensação que com a mobilização que percebemos do Senado, da Câmara dos Deputados e da área industrial, que vamos ter o Ministério da Economia participando de forma mais intensa e efetiva na discussão dessa reforma”, disse Lopes.

Na reunião, o ministro declarou que não derrubará a indústria brasileira para realizar a abertura comercial. Segundo Guedes, as empresas poderão ter um ‘quase perdão fiscal’ a depender da queda na receita. 

Marco Polo de Mello Lopes, presidente executivo do Instituto Aço Brasil
Marco Polo de Mello Lopes, presidente executivo do Instituto Aço Brasil, em entrevista à CNN
Foto: CNN (01.jun.2020)

Mais Recentes da CNN