Emprego melhorou em julho, aponta indicador antecedente da FGV

Índice apontou melhora pelo terceiro mês seguido, enquanto taxa de desemprego do IBGE calculou média para o segundo trimestre

Do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

Pedestres caminham no centro de Belo Horizonte após reabertura do comércio

Pedestres caminham no centro de Belo Horizonte após reabertura do comércio
Foto: Adão de Souza/PBH (25.mai.2020)

No mesmo dia em que o IBGE divulgou dados que mostram o aumento da taxa de desemprego no segundo trimestre, para 13,3% (versus 12,2% nos três primeiros meses do ano), a FGV apontou que o mercado de trabalho pode ter se recuperado ligeiramente em julho.

O IAEmp (Indicador Antecedente de Emprego) da Fundação Getulio Vargas (FGV), que busca antecipar os rumos do mercado de trabalho, teve alta de 9,2 pontos em julho, para 65,9 pontos.

Foi a terceira alta consecutiva do indicador, que recuperou nesse intervalo de tempo cerca de metade das perdas do trimestre de fevereiro a abril.

Leia também:
Desemprego sobe para 13,3% em junho e tem queda recorde no número de ocupados
Auxílio emergencial deve ser estendido até o fim do ano, diz Guedes no Congresso

“A terceira alta consecutiva do IAEmp sugere continuidade no movimento de recuperação do mercado de trabalho”, disse em nota o economista da FGV Ibre Rodolpho Tobler.

“Contudo, apesar das altas significativas, o indicador se mantém em níveis muito baixos em termos históricos, sugerindo cautela das empresas para contratar em razão da elevada incerteza e da dificuldade em se vislumbrar uma retomada rápida da economia”, acrescentou.

(Com Reuters)

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN