Empresa de cibersegurança ISH Tech pede registro de IPO na CVM

Companhia registrou lucro líquido de R$ 9,308 milhões no primeiro semestre deste ano, alta de 118,7% em relação ao mesmo período do ano passado, diz oferta

Foto: Andriy Onufriyenko / Getty Images

Por Luísa Laval, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

 A companhia de cibersegurança ISH Tech registrou na quinta-feira (19) um pedido de Oferta Pública Inicial de Ações (IPO, na sigla em inglês) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A operação será coordenada por XP, UBS BB e BTG Pactual. Sediada em Vitória (ES), a companhia e suas futuras controladas contam com infraestrutura de Data Center própria na capital e outros 9 escritórios operacionais regionais.

A companhia atende aproximadamente 500 clientes, com mais de 1 milhão de ativos gerenciados. De acordo com o prospecto preliminar da oferta, a companhia registrou lucro líquido de R$ 9,308 milhões no primeiro semestre deste ano, alta de 118,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

A empresa somou Ebitda ajustado de R$ 26,624 milhões, 61,9% maior que na comparação anual.

A empresa diz que os recursos captados serão destinados para o crescimento orgânico, com ênfase nas áreas de marketing, vendas, infraestrutura e recursos humanos, além de reforçar o capital de giro; Pesquisa e Desenvolvimento, com a finalidade de oferecer novos produtos e soluções; e crescimento inorgânico, para expandir a atuação geográfica, aumentar a base de clientes e a sua capilaridade e agregar eventuais sinergias operacionais. A ISH diz que destacando já mapeou 600 possíveis alvos de fusões e aquisições.

Mais Recentes da CNN