Entenda os próximos passos para a aprovação da extensão do auxílio emergencial

Segundo integrantes do governo, o Congresso trabalha para que depois do carnaval receba uma sugestão formal do Governo Federal

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Nesta quinta-feira (11), tanto o presidente da República quanto o presidente da Câmara dos Deputados deram declarações apoiando a extensão do auxílio emergencial. O Congresso já pressiona o Governo Federal para o envio de uma nova proposta, que se não chegar nas próximas semanas, poderá ser tocada pelo legislativo. A informação é da analista da CNN Renata Agostini.

Segundo integrantes do governo, o Congresso espera receber depois do carnaval uma sugestão formal do Governo Federal para a nova rodada do auxílio emergencial. O legislativo trabalha com prazo de até duas semanas para receber o projeto. Caso isso não aconteça, a pauta será tocada pelo Congresso.

 

O Governo quebra a cabeça para achar valor próximo com o que defende a equipe econômica, em torno de R$ 200, considerado um valor médio entre o benefício da Bolsa Família e o valor do auxílio emergencial sugerido inicialmente pelo governo em 2020. O entendimento no governo é que não dá para manter os R$ 600 reais novamente.

Para além da indefinição do valor, há a questão de como essa extensão será bancada.Governo e Congresso estudam um caminho que cria uma exceção ao teto de gastos para possibilitar o gasto específico com o auxílio. Porém tentam criar uma exceção que não seja tão grande para não abrir a porteira para novos gastos e sinalizar para o mercado que não vão abandonar o ajuste fiscal.

Auxílio emergencial
Auxílio emergencial
Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

 

Mais Recentes da CNN