Entidades de SP orientam cuidados sobre a qualidade do etanol com nova regra

Alerta foi dado pelo Sindicato do Comércio dos Derivados do Petróleo em São Paulo (Sincopetro) e pelo Procon-SP

Anthony Wellsda CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O Sindicato do Comércio dos Derivados do Petróleo em São Paulo (Sincopetro) e o Procon-SP emitiram um alerta aos motoristas para ficarem de olho na qualidade do etanol que estão comprando, e recomendam para sempre exigirem nota fiscal dos estabelecimentos.

A orientação foi dada após medida provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) permitir a venda direta de etanol entre produtores e donos de postos de combustíveis. Ou seja, os postos de bandeira poderão vender combustíveis de outras marcas.

O presidente do Sincopetro, José Gouveia, disse à CNN que não será contra as novas normas, mas ponderou que os clientes que entram no posto querem o produto daquela bandeira.

Outro problema que o presidente do Sindicato apontou é a arrecadação de impostos, já que o texto da MP diz que os tributos que eram arrecadados pelas produtoras, agora também serão arrecadados pelas usinas, e a falta de fiscalização pode abrir as portas para a evasão tributária.

Mais Recentes da CNN