Equipe de Guedes admite que reforma do IR pode impactar arrecadação de impostos

Parte da equipe afirma que é melhor que haja um problema de arrecadação para baixo do que ter uma elevação expressiva da carga tributária

Renata Agostinida CNN*

Em São Paulo

Ouvir notícia

A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, já admite que a reforma do Imposto de Renda pode impactar a arrecadação de impostos no Brasil. Lembrando que o texto aprovado na Câmara dos Deputados na última quarta-feira (1º) tem sido alvo de críticas de diferentes lados.  A informação é da analista de política da CNN Renata Agostini.

Segundo Agostini, parte da equipe afirma que é melhor que haja um problema de arrecadação para baixo do que ter uma elevação expressiva da carga tributária.

Apesar de a equipe ter admitido que a mudança possa impactar a arrecadação de impostos, tem sido feita uma defesa bastante contundente do texto que saiu da Câmara dos Deputados.

Integrantes do ministério da Economia ainda afirmam que não houve derrota após a reação negativa à reforma proposta e que eles apostam na arrecadação que virá da tributação sobre lucros e dividendos.

Após a aprovação do texto com a reforma do Imposto de Renda, lideranças de partidos afirmam que este é um tema muito difícil de ser digerido pelo Senado.

O líder do Podemos, Álvaro Dias, já disse que vai trabalhar contra e não defende o texto. “Não é reforma. Não organiza o sistema, e sim desorganiza”. Ele diz que defende que haja uma reforma mais ampla, que incorporasse a que vinha sendo debatida anteriormente no Senado.

Mais Recentes da CNN