Evergrande consegue alongar prazo de dívida após negócio de US$ 2,6 bi fracassar

Os detentores de títulos concordaram com a proposta de evitar um colapso da incorporadora

Evergrande em Hong Kong
Evergrande em Hong Kong 23/9/2021 REUTERS/Tyrone Siu

Clare Jim e Andrew Galbraithda Reuters

Ouvir notícia

O China Evergrande Group garantiu uma prorrogação para o pagamento de um título inadimplente, informou o provedor financeiro REDD nesta quinta-feira (20) oferecendo um raro alívio à incorporadora um dia após o fracasso de um acordo para vender uma participação de US$ 2,6 bilhões em sua unidade de serviços imobiliários.

A Evergrande ganhou uma extensão de mais de três meses a partir de 3 de outubro para honrar o vencimento de um título de US$ 260 milhões, emitido pela joint venture Jumbo Fortune Enterprises e garantido pela Evergrande, após concordar em fornecer garantia extra, relatou o REDD, citando os detentores do título.

Uma fonte familiarizada com o assunto disse que o presidente da Evergrande, Hui Ka Yan, concordou em injetar riqueza pessoal em um projeto residencial chinês vinculado ao título para garantir que ele seja concluído, abrindo caminho para que os detentores dos títulos recebam seus pagamentos.

Os detentores de títulos concordaram com a proposta de evitar um colapso da incorporadora ou uma batalha legal prolongada, disse a fonte à Reuters.

A Evergrande não respondeu aos pedidos de comentários da Reuters.

Tópicos

Mais Recentes da CNN