Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Faculdade XP investe R$ 100 milhões em cursos de tecnologia

    Escola pretende preparar os alunos para necessidades práticas das empresas, que carecem de desenvolvedores

    Neste primeiro momento, serão cinco diferentes cursos focados em tecnologia
    Neste primeiro momento, serão cinco diferentes cursos focados em tecnologia Foto: Bench Accounting/Unsplash

    Do CNN Brasil Business*

    Em São Paulo

    Ouvir notícia

    Com investimentos de mais de R$ 100 milhões, a XP Educação, braço educacional da XP Inc., acaba de anunciar a faculdade XP.  Neste primeiro momento, serão cinco diferentes cursos focados em tecnologia (Sistemas de Informação, Ciência de Dados, Análise de Desenvolvimento de Sistemas, Banco de Dados e Defesa Cibernética) com um total de 400 alunos em seu primeiro edital. Os alunos de graduação terão mensalidade zero durante todo o curso.

    Paulo de Tarso, CEO da XP Educação, afirma que a criação da faculdade teve como referência o conceito de “employer university” (universidade conectada a empresa, numa tradução livre). “Hoje, um dos maiores problemas corporativos é a falta de profissionais recém-formados realmente capacitados para a realidade de trabalho,  explica.

    MBAs e cursos livres

    Além da graduação, a XP Educação anuncia que a grade de MBAs foi ampliada e passa a oferecer mais de 20 cursos chancelados pelo Ministério da Educação (MEC), incluindo dois novos cursos: Ciência de dados para profissionais de Finanças e Customer Experience (CX) / Customer Sucess (CS).

    Diferentemente da graduação, os MBAs serão pagos. “Aqui, o objetivo é oferecer para quem já é formado a possibilidade de uma especialização de altíssimo nível de qualidade, com aulas ministradas por alguns dos maiores e mais bem sucedidos empreendedores e empresários do país”, explica Paulo de Tarso. A meta da XP Educação, com os novos MBAs, é saltar dos atuais 3 mil alunos para cerca de 10 mil até o fim do ano.

    No campo dos cursos livres, a XP Educação também lança uma nova plataforma composta por Bootcamps (44 modalidades disponíveis nas áreas de tecnologia e inovação) – formato de aprendizado prático e imersivo para formar habilidades técnicas para o mercado mais rápido que o ensino tradicional, principalmente para quem procura atualização curricular de qualidade –, e mais 35 cursos livres na área de finanças.

    A plataforma fica disponível por meio de assinatura, em que o estudante paga uma mensalidade de R$ 65 e tem acesso a todos os cursos disponíveis.

    Como assinante, o aluno pode se matricular em diferentes cursos simultaneamente e acessar os conteúdos diariamente. Além disso, os assinantes têm acesso ao Radar de Oportunidades, em que poderão se candidatar a vagas em tecnologia disponibilizadas por grandes players da área de tecnologia. A expectativa da escola é ter mais de 10 mil assinantes da plataforma até o fim do ano.

    *Publicado por Juliana Colombo

     

    Mais Recentes da CNN