FGV: IPC-S desacelera em 4 de 7 capitais avaliadas na 1ª quadrissemana de outubro

A aceleração mais significativa no IPC-S Capitais foi registrada no Rio de Janeiro, onde a inflação saltou de 1,18% em setembro para 1,41%

Consumidores fazem compras em mercado de rua no Rio de Janeiro
Consumidores fazem compras em mercado de rua no Rio de Janeiro Reuters

Marianna Gualter, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

O Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) desacelerou em quatro das sete capitais pesquisadas na primeira quadrissemana de outubro, na comparação com o fechamento de setembro, informou nesta quarta-feira (13), a Fundação Getulio Vargas (FGV).

O IPC-S repetiu avanço de 1,43% na primeira leitura de outubro, idêntico ao apurado no fechamento de setembro. A alta acumulada em 12 meses é de 10,45%, maior do que os 9,61% ocorridos no período até setembro.

A aceleração mais significativa no IPC-S Capitais foi registrada no Rio de Janeiro, onde a inflação saltou de 1,18% em setembro para 1,41% na primeira quadrissemana de outubro. Belo Horizonte (1,32% para 1,52%) e Salvador (0,84% para 0,89%) também registraram avanço.

Na direção oposta, Porto Alegre (2,02% para 1,86%), Brasília (1,26% para 1,13%), Recife (1,49% para 1,38%) e São Paulo (1,44% para 1,43%) tiveram alívio da inflação na leitura inicial de outubro, de acordo com a FGV.

Mais Recentes da CNN