Fiat revela novo SUV, que deve ser mais barato que o Jeep Renegade

Marca do grupo Stellantis apresentou os primeiros detalhes e imagens oficiais do carro que terá nome escolhido pelo público

Foto: Divulgação

Thiago Moreno, colaboração para o CNN Brasil Business

Ouvir notícia

Os rumores de que a antiga FCA (Fiat-Chrysler), atual Stellantis, estava trabalhando em um novo SUV menor e mais barato que o Jeep Renegade tiveram início há alguns anos. Após muita especulação e flagras de protótipos sendo testados nas ruas, a Fiat finalmente revelou os detalhes iniciais de seu primeiro utilitário esportivo.

O modelo deriva do que foi chamado de “Progetto 363”, mas seu nome oficial será escolhido pelo público, que poderá votar por meio de um site dedicado em seu favorito. As opções são: Tuo, Domo e Pulse.

A data específica de lançamento não foi confirmada, mas a apresentação completa do carro deverá acontecer em algum momento do segundo semestre de 2021.

Trata-se do primeiro utilitário esportivo de fato da marca Fiat e, para não competir com outros produtos dentro do grupo Stellantis, deverá ter os preços variando entre R$ 80 mil e R$ 110 mil, ficando exatamente abaixo do modelo de entrada da Jeep. Dados como medidas, versões e equipamentos de série ainda não foram revelados.

O que é possível saber a partir do comunicado da Fiat a respeito do carro e das duas imagens divulgadas é que o inédito SUV terá proporções similares às encontradas no Argo, porém, com soluções visuais exclusivas para se diferenciar. Os dois modelos, no entanto, compartilham da mesma plataforma MP1 da Fiat, que ainda deu origem ao sedã Cronos e à nova geração da picape Strada. No caso da novidade, a arquitetura é chamada de MLA.

Novo SUV da Fiat
Foto: Divulgação

A dianteira do SUV é onde as diferenças para o Argo ficam mais evidentes, com uma altura mais elevada em relação ao solo, um capô mais alto e elementos mais imponentes, como os faróis, grade e os abrigos das luzes auxiliares. As imagens mostram que a iluminação é toda feita por lâmpadas de LED.

Nas laterais, a Fiat lançou mão de grandes apêndices plásticos nas porções inferiores e nas caixas de roda com intuito de passar uma maior impressão de robustez. A traseira também traz soluções exclusivas, como as lanternas.

Sobre a motorização, a Fiat declarou apenas que a novidade contará com um motor turbo flex. No entanto, não deverá ser o 1.3 de até 185 cv de potência utilizado pelos novos Jeep Compass e Fiat Toro na linha 2022. Para o SUV de entrada, a marca italiana deverá utilizar um novo 1.0 turbo flex de três cilindros. O desempenho não foi declarado, mas deverá entregar cerca de 125 cv e 20 kgfm de torque para se manter na média de outros propulsores de construção similar já disponíveis no mercado. 

Esse novo motor é uma derivação do atual 1.0 flex sem turbo utilizado no Argo. A transmissão ainda é um mistério, mas poderá ser automática de seis marchas –como na Toro– ou estrear um aguardado câmbio do tipo CVT, com relações continuamente variáveis. As versões de entrada deverão trazer sob o capô o mesmo 1.3 flex de quatro cilindros e até 109 cv encontrado em Argo, Cronos e Strada, tendo opção de câmbio manual.

Outro detalhe relevante divulgado pela Stellantis diz que o novo SUV da Fiat trará “equipamentos eletrônicos sofisticados de apoio à condução”. Isso leva a crer que o utilitário esportivo poderá contar com alguns itens vistos na Toro 2022, como frenagem autônoma de emergência, assistente de permanência em faixa e controle de cruzeiro adaptativo.

A novidade também trará o Fiat Connect Me, plataforma de serviços conectados da empresa que permite acesso a informações do carro remotamente por meio de aplicativo e, em combinação a um modem 4G nativo, oferece ainda rastreamento e chamada automática para serviços de emergência em caso de acidente.

Mais Recentes da CNN