Fintech de crédito Pontte recebe aporte de R$ 160 milhões

A Pontte afirmou que usará os recursos para ampliar a oferta de empréstimos, reforçar a equipe e investir em tecnologia

Foto: Marcos Santos / USP Imagens

Aluísio Alves, da Reuters

Ouvir notícia

A fintech de crédito Pontte anunciou nesta terça-feira que obteve uma rodada de investimento de R$ 160 milhões de um investidor global cujo nome não foi revelado.

Fundada em maio de 2019, a Pontte é especializada em crédito com garantia de imóvel e financiamento imobiliário e tem como maior investidor a Mauá Capital, gestora de recursos de Luiz Fernando Figueiredo, ex-diretor do Banco Central.

Leia também:
A Creditas quer reformar, comprar ou vender o seu imóvel (e lucrar com isso)
Com bancos ‘temendo’ calotes, fintechs avançam em mercado de empréstimo

A Pontte afirmou que usará os recursos para ampliar a oferta de empréstimos, reforçar a equipe e investir em tecnologia. Sua meta é de emprestar cerca de R$ 400 milhões em 2020. 

“O investimento reforça a nossa capacidade no mercado, sem correr risco em nossa operação”, afirmou em nota o presidente da Pontte, Marcelo Lubliner.?

O anúncio acontece num momento de efervescência da cadeia da construção civil, que seguiu crescendo no país mesmo durante a pandemia da Covid-19, em parte devido à queda do juro básico, que chegou à mínima histórica de 2% ao ano neste mês.

A Abecip afirmou que o crédito para compra e construção de imóveis avançou 28,6% no primeiro semestre, a R$ 43,35 bilhões. E na esteira de flexibilização recente do Banco Central sobre empréstimos com garantia, a Caixa Econômica Federal anunciou planos de fortalecer sua operação no setor.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN