Fleury compra Saha, de infusões de medicamentos, por R$ 120 milhões

Conclusão da compra está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica

Aquisição fortalece a atuação no segmento de infusões de medicamentos imunobiológicos
Aquisição fortalece a atuação no segmento de infusões de medicamentos imunobiológicos Natalia Flach

Luísa Laval, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

O Grupo Fleury anunciou nesta quarta-feira (5) a compra do Saha, centro especializado em infusões de medicamentos imunobiológicos e cirurgias de baixa complexidade, por R$ 120 milhões. O grupo possui unidades no bairro da Bela Vista, no centro de São Paulo, e em Osasco.

Fundado em 2004, o Saha tem uma estrutura de cinco salas cirúrgicas, 30 leitos e amplo espaço dedicado a posições para infusões de medicamentos, utilizadas no tratamento de doenças crônicas. Em 2021, registrou receita de R$ 156 milhões.

A presidente do Grupo Fleury, Jeane Tsutsui, diz que a aquisição fortalece a atuação no segmento de infusões de medicamentos imunobiológicos e o desenvolvimento do braço de novos elos. O novo ativo é semelhante ao Centro de Infusões Pacaembu (CIP), com seis unidades na cidade de São Paulo, comprado em dezembro de 2020.

“É mais um ativo que vem agregar à estratégia de novos elos. O Saha é um centro de infusões em que trazemos mais clientes e teremos uma capacidade melhor para negociar as compras de medicamentos”, disse ao Broadcast.

Ela também destaca que o Saha amplia a presença da empresa no segmento de hospitais-dia, voltados a procedimentos de baixa complexidade. Atualmente, o grupo realiza esse tipo de procedimento no Fleury Fertilidade, na Clínica de Olhos Dr. Moacir Cunha e no Fleury Day Clinic.

A conclusão da compra do Saha está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Mais Recentes da CNN