Ford cria unidade separada de veículos elétricos “Model e”

Montadora disse que espera cortar custos estruturais de até US$ 3 bilhões em seus negócios de combustão

A empresa disse esperar que o negócio represente metade de sua produção global até 2030
A empresa disse esperar que o negócio represente metade de sua produção global até 2030 Pixabay

Por Aishwarya Nair e Abhijith Ganapavaram e Paul Lienert e Ben Klayman, da Reuters

Ouvir notícia

A Ford definiu nesta quarta-feira (2) planos para lançar sua unidade de veículos elétricos (EV) independente de seus negócios de motores de combustão, enquanto tenta se aproximar da líder do setor Tesla.

A reorganização ocorre quando o presidente-executivo, Jim Farley, aposta agressivamente na estratégia de eletrificação da empresa, que ajudou as ações da Ford a superar as das rivais General Motors e Tesla em 2021.

Embora o negócio de veículos elétricos, chamado Ford Model e, seja separado da unidade de motores de combustão, Ford Blue, as duas divisões compartilharão tecnologia e “melhores práticas”, disse a montadora.

A ação da Ford, que prevê produção anual de mais de 2 milhões de EVs até 2026, subia 4,7% às 13 (horário de Brasília).

A Ford disse que espera cortar custos estruturais de até US$ 3 bilhões em seus negócios de combustão, mas não disse se esse esforço envolverá redução do número de funcionários.

A Ford disse que espera gastar US$ 5 bilhões em veículos elétricos neste ano, um aumento de duas vezes em relação a 2021. Também está visando uma margem Ebitda de 10% até 2026 versus 8% que espera alcançar este ano.

A empresa, que planeja investir mais de US$ 30 bilhões em veículos elétricos até 2030, disse esperar que o negócio represente metade de sua produção global até 2030.

 

Mais Recentes da CNN