Foxconn vai montar carros elétricos em parceria com Byton

Foxconn disse em outubro que pretendia fornecer componentes ou serviços para 10% dos veículos elétricos do mundo entre 2025 e 2027

Foto: Foxconn, sede em Taipé, Taiwan / Reuters

Yilei Sun e Brenda Goh, da Reuters

Ouvir notícia

A startup chinesa Byton, a Foxconn, fornecedora da Apple, e a Zona de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico de Nanjing concordaram em começar a montar utilitários esportivos elétricos em 2022, segundo comunicado divulgado nesta segunda-feira, (4).

Young Liu, presidente da Foxconn, disse no comunicado que a parceria com a Byton será uma parte fundamental na estratégia da Foxconn na indústria de veículos elétricos.

A empresa anunciou no ano passado planos de formar uma joint venture com a Fiat Chrysler para montar carros elétricos e desenvolver veículos conectados à Internet na China, mas não fez grandes anúncios sobre a parceria desde então.

Leia também: 
Anvisa cobra mais informações e Fiocruz adia pedido emergencial de vacina
‘Estamos em uma corrida contra o tempo’, diz virologista sobre novas mutações

A Foxconn disse em outubro que pretendia fornecer componentes ou serviços para 10% dos veículos elétricos do mundo entre 2025 e 2027.

Apoiada pela montadora estatal FAW Group e fornecedora de baterias Contemporary Amperex Technology, a Byton estava construindo uma montadora na cidade de Nanjing antes de suspender a produção em julho para uma reorganização da empresa.

A Byton foi lançada em setembro de 2017 pela Future Mobility, empresa co-fundada por ex-executivos da BMW e Nissan, e também tem software e instalações de design nos Estados Unidos e na Alemanha.

A Bloomberg publicou nesta segunda que a empresa listada da Foxconn, Hon Hai Precision, planeja investir 200 milhões de dólares na Byton, citando uma fonte familiarizada com o assunto. A Byton não quis comentar o assunto.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN