Google lança Task Mate, app que paga para você fazer ‘bicos’ para a empresa

Os valores de cada atividade, como traduções, pequenos textos e mensagens de áudio terão preços fixos e serão pagas em dólares, com valor inicial de US$ 0,20,

Foto: Google/Divulgação

Juliana Faddul,

colaboração para o CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

O usuário de internet está cansado de ler “já pensou em ganhar dinheiro sem sair de casa”. Mas, acredite ou não, dessa vez é real. Na tentativa de melhorar os seus serviços (como de tradução, ditado, banco de imagens, entre outros), o Google desenvolveu o aplicativo Task Mate que pretende remunerar quem fizer alguns “bicos” para a empresa.

As tarefas são divididas em duas categorias: a primeira são as “sitting tasks” (“tarefas feitas sentadas”, em tradução livre) que, como o próprio nome sugere, são feitas em casa, como traduções, pequenos textos e gravações de áudio.

Leia também:
Black Friday: Saiba como não cair em roubada (e até economizar) em suas compras
Black Friday: Procon lança lista com 200 sites não recomendados para compra

Além disso, há também as “field tasks” (“tarefas de campo”), que precisam de algum tipo de locomoção ou ir a algum lugar externo, como fazer um pequeno vídeo ou tirar uma foto de um estabelecimento.

Os valores de cada atividade terão preços fixos e serão pagas em dólares, com valor inicial de US$ 0,20 (cerca de R$ 1,07). Para sacar o montante, os usuários precisam acumular mínimo de US$ 10 (cerca de R$ 53) e depois transferir para sua conta ou carteira virtual.

As tarefas podem ser concluídas a qualquer hora e em qualquer lugar. Só um detalhe: se alguém pegar a demanda que você queria de maneira mais rápida, ela pode “desaparecer” para você.

O usuário também pode “pular” a tarefa que não quiser realizar. Mas é importante dizer que a demanda cresce dependendo da qualidade do trabalho entregue. Pessoas físicas avaliarão o que for entregue e, caso não esteja tendo um bom rendimento, a empresa pode parar de passar algumas tarefas.  

O aplicativo ainda está em versão beta e disponível apenas na Índia. 

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook
 

Mais Recentes da CNN