Google vai combater fraudes financeiras em sua plataforma no Reino Unido

O órgão financeiro britânico emitiu 1.200 advertências ao consumidor no ano passado

Foto: Toby Scott/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

da Reuters

Ouvir notícia

O Google vai reprimir fraudes financeiras em sua plataforma no Reino Unido, afirmando nesta quarta-feira (30) que todos os serviços financeiros precisarão ser verificados pelo regulador antes de poderem anunciar.

O órgão financeiro britânico emitiu 1.200 advertências ao consumidor no ano passado sobre golpes anunciados por meio de plataformas de mídia social por empresas falsas, o dobro do número em 2019.

O Google, que faz parte da gigante de tecnologia americana Alphabet, disse em um blog que vai começar a aplicar a nova política, que segue os apelos da Autoridade de Conduta Financeira (FCA, na sigla em inglês) para vetar promoções pagas, a partir de 6 de setembro.

“Embora este seja um passo importante do Google, acreditamos que uma solução permanente e consistente requer legislação”, disse um porta-voz da FCA em comunicado por e-mail.

O regulador avaliará o resultado da decisão do Google assim que as mudanças entrarem em vigor, acrescentou o porta-voz.

Mais Recentes da CNN