Governo dos Estados Unidos anuncia leilão de espectro para impulsionar 5G

O espectro de banda média é essencial para o 5G porque oferece "cobertura geográfica e capacidade de transmitir grandes quantidades de dados"

Foto: Fabian Bimmer - 31.mar.2019/ REUTERS

Alexandra Alper, da Reuters

Ouvir notícia

A Casa Branca divulgou nesta segunda-feira (10) planos de leiloar 100 megahertz de espectro de banda média para uso a partir de meados de 2022, que fazem parte dos esforços dos Estados Unidos para aumentar a cobertura de rede sem fio de quinta geração.

A Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês) poderá leiloar este espectro a partir de dezembro de 2021, e a indústria de telecomunicações poderá usá-lo no verão norte-americano de 2022, disse o conselheiro da Casa Branca e diretor de tecnologia dos EUA, Michael Kratsios.

Leia também: 
Google anuncia seus primeiros smartphones compatíveis com 5G
Saiba o que melhora com a implementação do 5G no Brasil

O espectro a ser leiloado, identificado pela Casa Branca e pelo Departamento de Defesa, “permite maximizar a disponibilidade de espectro 5G sem comprometer a segurança nacional”, disse Kratsios.

Espera-se que a rede 5G habilite transmissões de vídeo de alta velocidade e aplicações como carros autônomos, entre outros usos.

O presidente da FCC, Ajit Pai, elogiou o anúncio. “Este é um marco importante para garantir a liderança dos Estados Unidos em 5G”, disse Pai. “Junto com o espectro sendo disponibilizado para 5G na banda C, bem como na banda de 3,5 GHz, agora estamos no caminho certo para ter uma faixa de espectro de banda média de 530 megahertz disponível para 5G de 3,45 a 3,98 GHz.”

O espectro de banda média é essencial para o 5G porque oferece “cobertura geográfica e capacidade de transmitir grandes quantidades de dados”, disse Pai anteriormente.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Tópicos

Mais Recentes da CNN