Governo não colocou em prática agenda liberal, afirma Armínio Fraga

Ex-presidente do Banco Central diz que Paulo Guedes "acredita" nas ideias liberais, mas sua proposta não andou no governo

Da CNN

Ouvir notícia

O economista e ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga afirmou em entrevista à CNN nesta segunda-feira (15) que o governo federal não colocou em prática a agenda liberal prevista.

“Uma agenda liberal para valer tem que se preocupar com a igualdade de oportunidades, de mobilidade social das pessoas, que têm que ter esperança na vida. Isso tudo está faltando. Eu sei que o ministro [da Economia, Paulo Guedes] acredita nas ideias liberais, mas não tem conseguido colocar em prática”, afirmou.

Para ele, a reforma da previdência aconteceu e foi um avanço, mas o resto da agenda parou. “Privatizações pouco andou, não se viu proposta de reforma tributária, nem do Estado”, argumentou.

Fraga falou também sobre o Renda Brasil, programa que o governo estuda criar. O benefício incluiria outros, inclusive o Bolsa Família, uma das principais marcas da gestão petista. 

Segundo ele, há muito tempo se cogita no país uma reestruturação na assistência social, na previdência, nas regras trabalhistas e no sistema tributário, “um mundo de questões que foram sendo desenhadas meio caso a caso”. O Bolsa Família, no entanto, o economista considera um programa “consagrado” e qualquer “mexida” precisa ser “bem pensada e discutida”.

“Ele atinge uma vasta população que é carente, faz conexão com a educação, que é muito importante”, disse. “A ideia de criar uma renda básica universal tem apelo, mas é preciso fazer conta, testar, ver quanto custa e como financiar”, acrescentou.

Novo secretário do Tesouro

O economista Bruno Funchal foi escolhido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, como novo secretário do Tesouro Nacional. Ele substituirá Mansueto Almeida.

Para Fraga, não é uma tarefa fácil substituir Mansueto, que é uma pessoa que traz credibilidade e conhecimento que poucos têm. Mas a escolha foi boa, pois, segundo ele, Funchal “é muito qualificado”. 

Assista e leia também:

‘Direção de ajuste fiscal não muda’, diz Mansueto, que fica no governo até julho

Funchal é ‘caneta firme’ contra gastos, mas tem pouco traquejo político

Paulo Guedes precisa dar uma ‘promoção’ ao Tesouro Nacional

“Ele teve uma experiência fantástica sendo secretário de Fazenda do governador Paulo Hartung (Espírito Santo), conhecido pela sua enorme competência e rigor como gestor público”, afirmou o economista.

(Edição: André Rigue)

Mais Recentes da CNN