Governo nomeia Janete Mol como secretária adjunta do Tesouro Nacional

Em nota, o Tesouro esclarece que Mol está na instituição desde 2001, no departamento de finanças e controle, e tem mais de 20 anos de experiência no setor público

Edifício do Ministério da Economia, em Brasília
Edifício do Ministério da Economia, em Brasília Washington Costa/Ministério da Economia

Do CNN Brasil Business*

Ouvir notícia

A economista Janete Duarte Mol foi nomeada na última sexta-feira (3) secretária adjunta do Tesouro Nacional, anunciou o governo federal nesta segunda-feira.

Em nota, o Tesouro — comandado por Paulo Valle –, esclarece que Mol está na instituição desde 2001, no departamento de finanças e controle, e tem mais de 20 anos de experiência no setor público.

“A economista tem ampla experiência na área fiscal e em avaliação de políticas públicas, tendo colaborado em diversas publicações nessa temática, como nos guias práticos de Análise Ex Ante (2018) e Ex Post (2018) de políticas públicas e no livro Avaliação da Qualidade do Gasto Público e Mensuração da Eficiência (2015), do Tesouro Nacional”, diz a nota.

Janete atuou como representante da União como membro titular em conselhos fiscais (Codern, Eletrobras CGTEE), de administração (Amazonas Distribuidora de Energia) e curador (FGTS). Foi diretora do Departamento de Assuntos Macroeconômicos da Assessoria Econômica do Ministério do Planejamento (2016), gerente de Projeto da SAG/CC (2016-2020) e subchefe Adjunta de Finanças Públicas da SAG/CC (2020-2021).

A economista é graduada em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e em matemática pela PUC-Minas, e mestre em economia pela UFMG na área de Economia Industrial e Métodos Quantitativos.

Possui ainda especialização em “The Theory and Operation of a Modern National Economy” pela George Washington University – GWU.

*Publicado por Ligia Tuon

Mais Recentes da CNN