Guedes deve repor cargos no Ministério da Economia com pessoas da equipe

Atualmente há dificuldade do Ministério da Economia em atrair nomes do setor privado para ocuparem postos na pasta

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Com a saída de Waldery Rodrigues do comando da secretaria especial da Fazenda, o cargo deverá ficar com alguém que já está na equipe econômica. A avaliação é do economista-chefe de um grande banco de São Paulo ouvido pelo diretor do CNN Brasil Business, Fernando Nakagawa.

Segundo a fonte, a solução interna parece ser mais plausível, já que o Ministério da Economia teria dificuldade para atrair nomes do setor privado. 

A pasta se esforça para atrair nomes do setor privado desde o início da gestão de Paulo Guedes, mas a instabilidade política do governo federal vem afastando possíveis candidatos. 

Waldery foi tirado do cargo pelo ministro da Economia nesta terça-feira (27). Segundo rumores, para o lugar dele, Guedes deve apontar Bruno Funchal, que hoje comanda a Secretaria do Tesouro Nacional. 

Além dessa mudança na equipe, Guedes deve ter que lidar com mais alterações. Segundo relato de integrantes do governo, o secretário de Orçamento Federal (SOF) do Ministério da Economia, George Soares, e a secretária especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Martha Seillier, também deixarão os cargos.

A sequência de mudanças que Guedes terá de promover na estrutura do ministério envolve ainda o posto de Vanessa Canado, assessora encarregada pela reforma tributária, e de Yana Dumaresq, secretária-adjunta de comércio exterior.

Fachada do Ministério da Economia
Fachada do Ministério da Economia
Foto: Hoana Gonçalves/Ministério da Economia

 

Mais Recentes da CNN