Homem mais rico da Ásia anuncia compra do Mandarin Oriental em NY por US$ 98 mi

Relatório de acionistas de 2007 sobre o hotel revelou que a propriedade foi avaliada em até US$ 340 milhões

Sob a liderança de Ambani, a Reliance Industries passou de uma empresa de petróleo e energia para um conglomerado em expansão com lojas de varejo, operadora de banda larga e móvel, plataformas digitais e outros negócios.
Sob a liderança de Ambani, a Reliance Industries passou de uma empresa de petróleo e energia para um conglomerado em expansão com lojas de varejo, operadora de banda larga e móvel, plataformas digitais e outros negócios. Foto: Rajanish Kakade/AP

Michelle Tohdo CNN Brasil Business

Ouvir notícia

O maior bilionário da Ásia, Mukesh Ambani, abocanhou o controle acionário do hotel Mandarin Oriental na cidade de Nova York por pouco mais de US$ 98 milhões.

O conglomerado de Ambani, Reliance Industries, anunciou no sábado (8) a aquisição da empresa-mãe do hotel, uma empresa sediada nas Ilhas Cayman controlada pela Investment Corporation of Dubai. Essa empresa detém indiretamente 73,4% do capital.

O negócio deve ser fechado no final de março. A Reliance disse que planejaria adquirir o restante da participação com base na mesma avaliação se os outros proprietários do hotel decidirem também vender suas ações.

A Investment Corporation of Dubai assumiu o prédio em 2015. E em março passado, o Mandarin Oriental Hotel Group ainda detinha uma participação de 25%, de acordo com seu relatório anual mais recente .

O preço de US$ 98,2 milhões representa um desconto significativo: um relatório de acionistas de 2007 do Mandarin Oriental revelou que a propriedade foi avaliada em até US$ 340 milhões.

Como a maioria dos hotéis, o Mandarin Oriental foi duramente atingido pela pandemia Covid-19. Em um arquivamento na bolsa de valores no sábado, Reliance disse que o hotel de Nova York arrecadou apenas US$ 15 milhões durante todo o ano de 2020, em comparação com US$ 115 milhões e US$ 113 milhões em 2018 e 2019, respectivamente.

O icônico hotel, que fica perto do Central Park e tem vista para o Columbus Circle, é uma aquisição marcante para a Reliance.

O extenso conglomerado de Ambani é mais conhecido por seus negócios em energia, varejo e tecnologia, mas disse em seu processo que estava procurando aumentar sua “pegada de consumidor e hospitalidade”, que já inclui uma lista pequena, mas crescente de propriedades de luxo na Índia, no Reino Unido e em outros lugares.

A Reliance atualmente possui participações nos Hotéis Oberoi, uma coleção de resorts cinco estrelas na Índia e seis outros países, bem como no Stoke Park, um famoso country club inglês.

Ambani tem feito negócios durante a pandemia, acumulando dezenas de bilhões de dólares para perseguir seu objetivo de transformar Reliance no próximo grande gigante global da tecnologia .

Sua própria riqueza pessoal também disparou nos últimos meses para US $ 92,9 bilhões, tornando-o o homem mais rico da Índia e a décima primeira pessoa mais rica do mundo, de acordo com o índice Bloomberg Billionaires .

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN