Hyundai negocia com produtores de chips locais em meio à escassez global

Funcionários da Hyundai se reuniram com empresas locais que projetam chips, mas terceirizam a fabricação para empresas como TSMC e Samsung Electronics

Hyundai
Hyundai Foto: John Gress/File Photo/Reuters

Ouvir notícia

A Hyundai está em negociações com empresas sul-coreanas de chips para ajudá-la a reduzir a dependência de suprimentos estrangeiros em meio a uma escassez global que interrompeu as linhas de montagem em montadoras de todo o mundo, disseram quatro pessoas a par do assunto à Reuters.

Funcionários da Hyundai se reuniram com empresas locais que projetam chips, mas terceirizam a fabricação para empresas como TSMC e Samsung Electronics, conforme a montadora explora estratégias de longo prazo para melhor diversificar sua cadeia de suprimentos, segundo duas pessoas nessas chamadas empresas “fabless” que se encontraram com a Hyundai.

O grupo automotivo sul-coreano, que abriga a Hyundai Motor Co e a Kia Corp, quer transferir chips como unidades de microcontrolador (MCUs) para designers sul-coreanos, disseram as pessoas.

“A empresa está buscando planos para” localizar “chips automotivos em uma tentativa de diversificar as cadeias de suprimentos na Coreia do Sul depois de enfrentar problemas de abastecimento de chips, causados principalmente por fornecedores estarem fora do país”, disse uma pessoa da Kia.

Especialistas da indústria ponderaram, contudo, que essa mudança será difícil, no entanto, porque a tecnologia local ainda está atrás de líderes da indústria, como a fornecedora holandesa de chips automotivos NXP Semiconductors e a japonesa Renesas Electronics.

Mais Recentes da CNN